Sobre o rio

A vegetação que cresce nas margens sobre o rio, passa despercebida no meio de toda uma flora particular. Mas há detalhes que se destacam ao olhar dos mais atentos. Detalhe captado em Vila Nova de Cerveira sobre o Rio Minho.

Advertisements
Advertisements
Advertisements

O mundo digno dos palhaços

São seres que representam, caricaturando comportamentos e executando acrobacias para alegrar o mundo mágico das crianças e o mundo real dos adultos. É este o mundo digno dos palhaços, profissão nobre que desperta a atenção de muita gente.

Registos fotográficos durante um evento de Natal, em Vila Nova de Cerveira, em dezembro de 2019, em apoio fotográfico a LUAR imagem, responsável pela dinamização multimédia para a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements

Algures por aí

Num castelo do norte, algures por aí, umas ruas medievais que chegaram a tempos atuais.

Dentro de um castelo de Vila Nova de Cerveira.

Cerveira da Vila Nova

Cerveira da Vila Nova, de Cerveira, do Minho, do Rio Minho ou Rio Minho de Vila Nova de Cerveira.

erveira da Vila Nova, de Cerveira, do Minho, do Rio Minho ou Rio Minho de Vila Nova de Cerveira.

Cerveira e as ilhas

Vila Nova de Cerveira e as ilhas. Ínsuas do Rio Minho.

Dentro do Castelo de Vila Nova de Cerveira

Dentro do Castelo de Vila Nova de Cerveira podemos contemplar a sua arquitetura, objeto de intervenção relativamente recente, por se tratar de um espaço onde já houve atividade hoteleira, observar-se o seu interior, segundo os percurso internos de um antigo povo que habitou dentro da fortificação. Seguindo os percurso periférico, por cima das muralhas pode avistar-se varias zonas de Vila Nova de Cerveira. Diria que quase tudo se vê.

Mais informação sobre a localização e o Castelo, consultar o links:

Localização


FORTALEZAS.ORG


Dentro do Castelo de Vila Nova de Cerveira existem diversos edifício com destaque para a Igreja da Misericórdia. Os caminhos algo estreitos, revelam uma malha urbana de um povoada que em tempos habitou o seu interior.

Tal como a vista do Terreiro, também do topo das muralhas se pode avistar quase tudo que circunda o Castelo de Vila Nova de Cerveira. Sobre o Rio Minho, pode ver-se a Ponte da Amizade que une Espanha a Portugal. Barcos repousam no Rio Minha, revelando uma atividade piscatória tradicional, onde ainda existem alguns pescadores a explorar esta atividade. O caminho de ferro separa o Rio Minho da maior parte da malha urbana de Vila Nova de Cerveira. No entanto, entre o rio e o caminho de ferro fica a ecovia, importante equipamento de laser e desporto, passando junto a outro importante espaço de lazer, o Parque de Lazer do Castelinho.

A Igreja Matriz, mesmo ao lado do Terreiro, pode facilmente ser vista, pela sua grandiosidade de edifício da arquitetura monástica.

Advertisements
Advertisements

De uma das principais ruas dentro do do Castelo de Vila Nova de Cerveira, pode ver-se a Porta do Miradouro do Espírito Santo numa zona alta da montanha .

Advertisements
Advertisements

Covas

Freguesias de Vila Nova de Cerveira, Covas é uma aldeia no interior deste concelho. A sua malha urbana, típica de uma localidade rural, tem características comuns no norte de Portugal. A envolvente montanhosa tem uma orografia que resulta muito da formação geológica do norte. Apesar da sua vegetação estar muito alterada, resultado de espécies vegetais invasoras, mesmo assim não deixa de preservar um belo aspeto verdejante!

Localização
Advertisements
Advertisements

Castelo de Vila Nova de Cerveira

Trecho da muralha do Castelo de Vila Nova de Cerveira, localizado na vila com acesso do terreiro.

Mais informação sobre este Castelo, consultar o link:

Localização
Advertisements
Advertisements


FORTALEZAS.ORG

Faina no Rio Minho

Atividade piscatória no Rio Minho, em Vila Nova de Cerveira, ainda se faz mas a extinção pode estar a chegar. Acusados de atentar contra a sustentabilidade, os pescadores são muitas vezes a razão do embuste de quem atenta na realidade contra a sustentabilidade e muitas dessas pessoas somos nós!

Muitos dos atentados vieram pela mão humana de quem, de forma leviana ataca habitats numa atitude de aparente inocência! Esses pescadores são parceiros das entidades que tentam reparar o irreparável numa luta inglória!

Quem se dedica à faina no Rio Minho está associado a movimentos de sustentabilidade que sozinhos nada fazem sem o envolvimento de todos aqueles que airosamente se dizem defensores do ambiente sem darem um contributo real, vivendo à sombra da demagogia.