Praça da Liberdade

Praça da Liberdade em Viana do Castelo, vista da Capela de São Lourenço, Cais Novo, Darque, espelhada no Rio Lima, onde o reflexo é interrompido pelos pilares da antiga ponte de madeira que permitia a travessia do rio. O Monumento ao 25 de abril, marca a sua imponência.

Praça da Liberdade, em Viana do Castelo
Praça da Liberdade, em Viana do Castelo

Romaria da Senhora D’Agonia – Ruas da Ribeira

Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements

Festival de Folclore Internacional 2018 – Polónia.

XXII Festival de Folclore Internacional do Alto Minho 2018 – Polónia.

Folk Song and Dance Ensemble “WROCLAW”, Polónia.

Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements

Festival de Folclore Internacional 2018 – Colombia

XXII Festival de Folclore Internacional do Alto Minho 2018 – Colombia.

Ballet Folklórico Tierra Colombiana, da Colômbia.

Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements

Festival de Folclore Internacional 2018 – Guiné

XXII Festival de Folclore Internacional do Alto Minho 2018 – Guiné.

Grupo Cultural Netos de Bandim, da Guiné, Netos de Bandim.

Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements
Advertisements

Na senda das máquinas

A indústria tem fabricado equipamentos de diversas dimensões e diversas potências para obras de engenharia civil, e na senda das máquinas, aqui fica disponível mais um registo de uma escavadora, este executado em maio de 2015, durante uma obra de requalificação urbana, na cidade de Viana do Castelo, mais propriamente na Rua de Viana.

Na senda das máquinas, aqui fica disponível mais um registo de uma escavadora, este executado em maio de 2015.
Advertisements

Mercúrio

Mercúrio, Vénus, Terra e a viagem vai longa!

Mercúrio, Chumbo, Arsénio e a coisa está a ficar pesada!

Não! Não é o Mercúrio do sistema solar que aqui se pretende apresentar! Nem o Mercúrio dos metais pesados! É tão só o Deus das venda, do comércio e do lucro! Resumindo, um Deus da atividade económica!

Para os Romanos, estava encarregado de levar mensagens a Júpiter! Um leva e traz! Basicamente um “cusco”! E sob o ponto de vista político, um delator ao serviço do ditador! Um “bufo”! Mas naquele tempo era sagrado! Agora querem fazer crer que também é sagrado!

Se agregarmos o sistema planetário à mitologia, nunca conseguiria chegar a Júpiter! Então, usaria o passa palavra e o diz que disse entre planetas! E nestas coisas do diz que disse, quando a mensagem chegar ao destino, é certo que vai deturpada!

Advertisements

E porquê!? Perguntam vocês! Se não perguntarem eu pergunto por vós!

Mercúrio entrega a mensagem a Vénus, Deusa que vê as coisas com muito amor e carinho, mas anda a enganar Vulcano, e dá-lhe outra roupagem para não ser descoberta! É então que a mensagem é atirada por Terra, como de algo banal se tratasse! Mas Marte toma parte no processo e, numa ação repentina, rebenta com tudo, e no meio das couves lá encontra a mensagem. Como Deus da fertilidade, num ato de imaginação fértil, transforma a mensagem num relatório dramático e assim o entrega a Júpiter!

E já se sabe! Quem conta um conto, acrescenta um ponto e com Deuses é o que é! É tudo à grande!

De regresso a assuntos sérios, a Mercúrio, e à origem de toda esta saga, está o Estátua Chafariz de Mercúrio, localizada no Largo Vasco da Gama, em Viana do Castelo, e é do conhecimento de alguns interessados na movimentação do património edificado que este monumento já conheceu dois locais diferentes do atual.

Ficam aqui os links das três localizações:

1840

Alameda 5 de Outubro (Antigo Largo do Pombal)

Localização

1867

Alameda 5 de Outubro (Jardim Municipal)

Localização

1958

Largo Vasco da Gama Atualmente

Localização

Assunto pendente

Assunto pendente porque o que conta na fotografia é o assunto. Ele determina a narrativa da composição.

Mas assunto pendente porquê?

A razão é simples! O elementos de destaque na composição são pendentes constituídos por argolas de cartolina!

Trata-se de uma decoração à entrada da Rua Grande em Viana do Castelo em maio de 2015.

Localização
Advertisements
Advertisements

Sais de prata

De um negativo com cerca de 70 ano, e ampliada uma pequeníssima parte, podem ver-se os sais de prata e a sua distribuição aleatória na emulsão revelada. A imagem original possui um detalhe e uma nitidez inconfundível que só um mestre da fotografia que viveu há muitos anos em Viana do Castelo. Trata-se de Manuel Filgueira Tilde, fotografo galego que viveu e dedicou-se à fotografia a maior parte do seu tempo de vida a Viana do Castelo. Ele é responsável por muitas fotografias que no inicio do século XX se fizeram no distrito de Viana do Castelo.

A base desta fotografia corresponde a cerca de 5mm da imagem originar. Foi digitalizada pelo processo de fotografia macro e tratada no lightroom para ajustar contraste e exposição. As duas imagem apresentadas neste artigo, fazem parte da mesma fotografia, onde um barco à vela, navega nas águas do Rio Lima, em Viana do Castelo. No barco viajam duas pessoas, um homem, o timoneiro e uma mulher que ao que se consegue perceber, transporta um bebé de colo.

Muito se poderia escrever sobre a composição, mas o objetivo desta publicação é mostrar a beleza do grão da emulsão à base de sais de prata.