Porto e a zona da Ribeira

O Porto e a zona da Ribeira tem particularidades únicas, pela frente ribeirinha, outrora zona de muitos pescadores e tráfego de vinho do Porto, hoje é uma zona de recreio turístico, com antigas embarcações convertidas e embarcações novas, réplicas dos tradicionais barcos rebelo que transportavam o vinho do Porto em barris, rio douro abaixo, antes dele ser navegável como é, por homens que tinham como profissão a obrigação de fazer “rafting” para sustentar a vida em vez de o fazer por desporto. Especialistas de navegação fluvial que deixaram de existir.

Nikon Z6 Nikon Z7

Há rumores sobre a Nikon Z8 e a Nikon Z9!

NIKON mirrorless

As câmaras fotográficas “mirrorless”, isto é, sem o espelho e o pentaprisma das famosas DSLR (digitais) e SLR (analógicas), estão ai, e a Nikon também está neste segmento de equipamentos de fotografia e vídeo com equipamentos de excelente qualidade a que os utilizadores da marca estão habituados.

Embora já tenham iniciado uma linha de equipamentos “mirroless”, só em 2018 são colocados no mercado os primeiros modelos para fotografia profissional com o lançamento da NIKON Z6 e NIKON Z7, e mais recentemente a NIKON Z50, capazes de competir com a gama média e alta das NIKON DSLR.

Mas as “mirroless” começaram a ser produzidas em 2011, suportadas com sensores pequenos, os [CX], de 13.2mm x 8.8mm, nas linhas; Entrada de gama (Base), média gama, à prova de água e avançada.

O que seria de esperar na continuidade da evolução, seria passar para modelos de senso APS-C [DX],  23,4mm x 15,6 mm. Mas o primeiro modelo deste formato de sensor, a Nikon Z50, só saiu no 4º trimestre de 2019, antes saíram em simultâneo, no 3º trimestre de 2018, os modelos Nikon Z6 e Nikon Z7.

No entanto, já correm rumores de que estarão para ser lançados no mercado dois novos modelos série Z, a Nikon Z8 e a Nikon Z9. A particularidade desta série é a de que a montagem das lentes é diferente das câmaras SLR e DSLAR que possuem sistema de montagem “F Mount”, sendo que o sistema de montagem das “mirrorless” série Z é o “Z Mount”. Mas não é problema porque existe um adaptador para permitir montar as lentes “F mount”.

O sistema de sensor utilizado nos modelos Z é de formato “full Frame” [FX] CMOS, 35,9 mm x 23,9 mm, de 24,5 MP, sensibilidade de ISO 100 a 51 200, para o modelo Nikon Z6 e de 45,7 MP, sensibilidade de ISO 64 a 25 600, para o modelo Nikon Z7.

As deste artigo foram baseadas nos links seguintes:

https://www.nikon.pt/pt_PT/

https://nikonrumors.com/

https://it.wikipedia.org/wiki/Template:Cronologia_mirrorless_Nikon

Consultar o mapa abaixo, para melhor localização cronológica das câmara “mirrorless” da Nikon.

cronologia mirrorless nikon
Cronologia das câmaras mirrorless da Nikon.

Antigo mercado Ferreira Borges, no Porto

Edifício onde funcionou o antigo Mercado Ferreira Borges, no Porto, tem uma estrutura, à semelhança dos edifícios que começaram a surgir durante a revolução industrial, estruturalmente e decorativamente em ferro fundido e deixaram marcas indeléveis na arquitectura urbana. Existiram algumas fundições e em muitos dos exemplares de ferro fundido ainda é possivel ver a assinatura da empresa que os produziu.

Neste exemplar da construção em ferro fundido, que é possivel contemplar no Porto, está a funcionar Atualmente o Hard Club.

Geologia das Praias de Carreço

Pompa no título, mas sem circunstância geológica para além de umas fotografias circunstanciais de uns calhaus que brotam na orla costeira do norte de Portugal, tornando algo agreste uma zona balnear, mas que confere uma beleza sem par, porque os calhaus são diferentes dos penedos, mas não deixam de ser rochas de formação não académica, mas formação geológica. Nunca estudaram, mas são solidamente formadas, quer na natureza geológica, quer natureza tectónica que juntas dão-lhe uma forma formada, moldada pela natureza.

Fixadas na sua origem, dificilmente serão removidas, presas à convicção da sua base, só o tempo e o mar as eliminarão pela força da erosão, mas é lento o processo e quem espera a sua destruição, morrerá primeiro possesso!

E dito isto, assim da falei Praia do Lumiar, mesmo ao lado da Praia do Canto Marinho, classificada de Geosítio Monumental Natural, que fazem parte da geologia das Praias de Carreço, em Viana do Castelo.