Proximidade de bauhütte

Na composição fotográfica muito se fala das regras de enquadramento. Quando se desenvolvem estudos, essas regras evoluem para uma consistência da organização da composição muito ligada a uma determinada geometria com proporcionalidade, tornando a fotografia paradigmática. No entanto as coisas podem evoluir para a regra libertadora do preconceito, onde os pressupostos teóricos deixam de existir para dar lugar aos pressupostos empíricos que condicionam a forma de pensar e observar o que nos envolve.

Neste contexto, depois do reenquadramento empírico dos elementos da composição foi feita a análise segundo a geometria da formação do ponto de bauhütte. Assim, sem pré determinação, estabelece-se uma proximidade de bauhütte, onde linhas e pontos parecem fazer parte da composição, dando a ideia que aquele olhar fortuito que produziu a imagem teria organizado a disposição dos elementos.

NIKON D780

Fujifilm X100V

leave a reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Powered by WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: